Exclusivo para usuários registrados!
Feliz Natal e Feliz 2018!
Camisetas e Adesivos Exclusivos!
Keep calm and keep in touch!
Clique e venha participar!
Entre para a maior comunidade Kawasaki Ninja da América Latina.

Informativo

Colapso
Nenhum Informativo ainda.

Nova Yamaha Fazer 250 2.018 ABS

Colapso
X
  • Filtro
  • Data
  • Mostrar
Limpar tudo
novos posts

  • Nova Yamaha Fazer 250 2.018 ABS


  • #2
    Motocicleta chega em versão única com 4 anos de garantia e Revisão Preço Fixo com preço sugerido de R$ 14.990 (frete não incluso)


























    Demorou, mas ela enfim chegou. A
    Yamaha anunciou neste domingo, dia 12 de novembro, o lançamento da nova Yamaha Fazer 250 ABS 2018 no Brasil, conhecida lá fora como FZ25, nome que ela inclusive carrega em sua carenagem. Inteiramente remodelada, a 4ª geração chega com novo design, mais arrojado, e modernidade, com o sistema ABS (Anti-lock Bracking System) como item de série, que impede o travamento das rodas em condições de baixa aderência de piso, como em dias de chuva ou mesmo frente a frenagens bruscas de emergência.

    O modelo 2018 da Yamaha Fazer 250 ABS terá quatro opções de cores. Azul metálico (Racing Blue), branco metálico (Branco Cristal), preto sólido (Preto Eclipse) e vermelho com acabamento em fosco metálico (Matt Red), e estará disponível nos Concessionários Yamaha a partir da segunda quinzena de novembro de 2017 ao preço sugerido de R$ 14.990,00 + frete, contando ainda com nova garantia de quatro anos e Revisão Preço Fixo Yamaha, que permanecem os mesmo de sua antecessora.

    Lançada em setembro de 2005, a Fazer 250 teve como grande diferencial a Injeção Eletrônica, sendo a primeira moto 250cc nacional a ser equipada com tal sistema. Desde então o modelo passou por três gerações, ganhando além de mudanças estéticas, inovações técnicas, como freio a disco traseiro, painel digital e sistema bicombustível. Ao longo de 12 anos de mercado, naked de 250 cilindradas da Yamaha conquistou muitos adeptos, somando mais de 300 mil unidades já produzidas no Brasil.

    Segundo a Yamaha, para chegar à quarta e totalmente nova geração, foram necessários quase três anos de desenvolvimento, desde o início do projeto até sua completa finalização, baseando-se inclusive em inúmeras pesquisas. Assim, o conceito da nova Fazer 250 ABSfoi elaborado, levando em consideração principalmente os desejos dos proprietários da Fazer e dos consumidores em geral da categoria.


    Ainda de acordo com a fabricante japonesa, algumas das qualidades identificadas e implantadas por conta das pesquisas são o design arrojado e futurista com uma silhueta marcante – que lhe confere a aparência musculosa e imponente, fazendo parecer uma moto de maior cilindrada, o banco duplo inspirado no que equipa a Yamaha XJ6 e o pneu traseiro mais largo. O farol inteiramente em LED – a única da categoria equipada com este componente – e o painel digital mais completo dentre as 250cc também fazem parte delas.

    Suas suspensões são completamente novas, sendo mais robustas quando comparadas às que equipavam a versão anterior, filtrando melhor as irregularidades do piso. Na dianteira, os tubos internos estão mais largos – passando de 37mm de diâmetro para 41mm – e ganharam 10mm de curso, aumentando de 120 para 130mm. Já na traseira, o amortecedor único, cujo curso é de 120mm, não só é mais robusto em seu corpo, como também nos elos da mola, que por sua vez é ajustável em sete níveis de compressão.


    Agora com 10 raios, as rodas em liga leve ganharam design mais arrojado e, além de mais bonitas, também estão mais largas, passando de 2,15 para 2,5 polegadas na dianteira, e de 3,0 polegadas na traseira, para 4,0. Os pneus são Pirelli Sport Demon. Na dianteira a medida é de 100/80-17, enquanto na traseira passa de 130/70-17, do modelo anterior, para 140/70-17, oferecendo mais aderência e imponência.

    O principal atributo que ajudou Fazer a construir sua fama de durável e econômica conquistados durante 12 anos de mercado foi, sem dúvida, o seu motor. O monocilíndrico, de arrefecimento misto de 249,5 cilindradas, conta com duas válvulas acionadas por comando simples no cabeçote (SOHC - Single Over Head Camshaft) e utiliza componentes nobres como pistão em alumínio forjado e cilindro revestido de cerâmica, material similar ao de motos de competição, que diminui o atrito e dispersa o calor com mais eficiência.


    Vale destacar que o sistema de injeção segue o padrão de modelos de alta cilindrada, com injetor de 10 furos. Segundo a Yamaha, este refinamento técnico permite que a atomização da mistura ar e combustível injetado no interior da câmara de combustão seja mais eficiente, promovendo na prática não só uma queima mais completa – resultando em melhores respostas – mas também em um funcionamento menos poluente e com maior economia de combustível. Já o sistema de escapamento, além de agregar na estética, reforçando as formas musculosas da nova Yamaha Fazer 250 ABS, permite uma grande vazão, otimizando a saída dos gases. Também se atribui ao novo escapamento, o ronco mais grave e encorpado.


    Para finalizar, a Yamaha ressalta que a nova Fazer 250 ABS conta com programa Seguro Preço Fixo, com o valor de R$ 1.250,00 a R$ 1.350,00 por um ano, dependendo da região do país. O Seguro da Mapfre oferece abrangência nacional, cobertura de colisão, roubo, furto e ressarcimento em 100% da tabela Fipe.



    Primeiras Impressões


    Fomos convidados pela Yamaha para conferir de perto a nova Fazer 250 ABS 2018, que poderá ser vista no
    Salão Duas Rodas, em um evento realizado em Campos do Jordão (SP). A motocicleta, além de contar com um design inteiramente novo, bastante agressivo, agradou em diversos quesitos.

    A principal novidade da pequena naked da marca do diapasão fica por conta do sistema de freios ABS, sendo equipada com um disco hidráulico de 282mm na dianteira com uma pinça de duplo pistão na frente, e um disco de 220mm e pinça dupla na traseira, que garantem frenagens seguras e em curtos espaços. Ainda falando em segurança, tanto o farol dianteiro como a lanterna traseira, são em LED, proporcionando mais tecnologia, luminosidade e durabilidade, consumindo menos energia, inclusive.



    Seu motor, monocilíndrico, de arrefecimento misto – já que conta com o auxílio de um radiador de óleo – tem a capacidade de 249,5 cm³ e utiliza duas válvulas acionadas por comando simples no cabeçote (SOHC - Single Over Head Camshaft), entregando a potência máxima de 21,5 cv a 8.000 rpm (com Etanol; 21,3 cv com Gasolina) e torque máximo de 2,1 kgf.m a 6.500 giros, independente do combustível. Novos sistemas de alimentação e escapamento foram adotados. Esse ponto me agradou bastante, a nova ponteira mais curtae com design diferenciado. A nova Yamaha é equipada como uma caixa de filtro de maior volume permitindo que o monocilíndrico admita uma maior quantidade ar, e de forma mais rápida.

    Assim, com o aumento da potência em 0,6 cv, tanto abastecida com gasolina quanto com etanol, o motor da nova Fazer 250 ABS agora oferece respostas mais fortes, tanto em baixas rotações, como nas faixas mais amplas de giro. Foi possível notar nitidamente a diferença nas acelerações e retomadas, com maior fôlego, durante o teste realizado nas Serras de Campos do Jordão e Sul de Minas Gerais. Na Fazer 250 ABS o acionamento do câmbio de 5 marchas é suave e seus engates são precisos. Sua transmissão secundária é feita por corrente, com coroa e pinhão de 22 e 46 dentes, respectivamente. A embreagem, do tipo multidisco em banho de óleo, também oferece maciez no funcionamento.



    Por sua agilidade e praticidade, ela é uma excelente escolha para o uso urbano, podendo ser utilizada para locomoção até o trabalho, pequenas viagens, lazer e até mesmo para uso como ferramenta profissional. Parte do mérito de seu comportamento dinâmico se deve ao seu chassi, que também é completamente novo e todo fabricado em aço, agora com o motor fazendo parte da estrutura, sendo mais leve e resistente a torções, incidindo diretamente no comportamento da motocicleta.

    Além de ser nitidamente mais firme, a Fazer 250 ABS também é bastante ágil e capaz de mudar de trajetória com grande rapidez e, o mais importante, de forma estável. Nas curvas, seu comportamento é fantástico, deitando bastante com facilidade e tudo sob controle. As suspensões se comportaram muito bem nos trechos esburacados e irregulares percorridos durante o teste, filtrando bastante as irregularidades do piso, sem transmitir qualquer incômodo. Quando o asfalto estava bom, então, somente alegria ao pilotar. Foi diversão garantida durante o evento de teste na região de Campos do Jordão, com o instrutor do roteiro ditando o ritmo curva à curva com uma Yamaha MT-09, perseguido pelas novas Yamaha Fazer 250 ABS!



    O modelo teve ainda a redução do peso em 4 kg (são 149 kg), centralização de massas na parte de baixo da moto, e isso somado à geometria bem acertada – ângulo do cáster é de 24,5° e o trail, de 98 mm –, faz o novo modelo se destacar ainda mais pela agilidade e facilidade na pilotagem, com uma impressionante leveza na condução. Tais detalhes a transformam em uma ótima opção para donos de motos de 125/150cc que buscam subir para uma motocicleta mais potente e completa, ou até mesmo para quem está começando a andar de moto.

    A Yamaha buscou tornar a Fazer 250 ainda mais confortável de se pilotar. E conseguiu! Procurando tornar a direção mais leve, o novo guidão mais largo foi adotado e com ele, o esforço no esterçamento é menor, tornando a pilotagem ainda mais fácil e agradável. Além do guidão, o assento ficou largo e ergonômico oferecendo boa acomodação e conforto tanto para o piloto, com um belo encaixe no tanque, quanto para o passageiro, contando com apoios para os pés bem posicionados para ambos e bela localização das alças para o garupa, com boa densidade da espuma. Pontos positivos.



    O painel, em LCD, totalmente digital, é bastante completo, na cor laranja. Ele conta com velocímetro, hodômetro total e dois parciais, mostrando ainda consumo médio e instantâneo de combustível, Fuel Trip, relógio, tacômetro de fácil leitura e também as luzes indicadoras de piscas, farol alto, neutro e alerta de motor e do sistema Blueflex. Porém, em nossa avaliação, ainda ficou faltando o indicador de marchas.

    Neste primeiro contato durante o evento de lançamento realizado pela Yamaha, a nova Fazer 250 ABS 2018 agradou bastante e passou a impressão de que dará bastante trabalho a sua concorrente, Honda CB Twister. No que diz respeito ao consumo, o modelo ficou na faixa dos 35 ~ 45 km/l, inclusive com o "cabo enrolado" e o motor sendo bastante exigido nas acelerações e retomadas nas Serras do belo trecho escolhido pela equipe da Yamaha. Para aferir com melhor precisão o consumo em utilização urbana e estrada, realizaremos um novo teste com a motocicleta em breve.





    Ficha Técnica YAMAHA FAZER 250 ABS 2018

    MOTOR
    Motor SOHC, 2 válvulas, Refrigeração a Ar, 4 Tempos
    Cilindrada 249,5
    Quantidade de Cilindros 1
    Potência Máxima 21,3cv/8.000 rpm (Gasolina) - 21,5cv/8.000 rpm (Etanol)
    Torque Máximo 2,1 kgf.m/6.500 rpm (Gasolina) - 2,1 kgf.m/6.500 rpm (Etanol)
    Alimentação njeção Eletrônica
    Sistema de Partida Elétrica
    Peso Líquido 149 kg
    Câmbio 5 velocidades
    SUSPENSÃO
    Dianteira Garfo telescópico
    Curso da Suspensão Dianteira 130 mm
    Traseira Balança traseira tipo Monocross
    Curso da Suspensão Traseira 120 mm
    FREIOS
    Dianteiro Disco hidráulico de 282 mm com sistema anti bloqueio (ABS)
    Traseiro Disco hidráulico de 220 mm com sistema anti bloqueio (ABS)
    DIMENSÕES
    Altura do assento 790 mm
    Comprimento total 2015 mm
    Largura Total 770 mm
    Altura Total 1070 mm
    Altura mínima do solo 160 mm
    Distância entre eixos 1360 mm
    Tanque de Combustível 14 L (3,2 L reserva)
    Preço sugerido de lançamento R$ 14.990,00 + frete




    Texto e vídeo: Alexandre Ciszewski/MOTO.com.br
    Edição de vídeo: Kiko Tokuda/MOTO.com.br
    Fotos: Alexandre Ciszewski/MOTO.com.br e Divulgação/Yamaha




    Fonte:

    Equipe MOTO.com.br
    Última edição por Bruce; 16-11-2017, 15:03:40.

    Comente


    • #3
      A Fazer 250 é uma excelente moto. Muito confortável e econômica para a categoria.

      Encomendas - Kit LED Cree R3 e R4S XHP50 9600 e 10400 Lumens - R$ 260,00 e R$ 310,00
      http://www.kawasakininjabrasil.com.b...Xhp50-R-260-00
      http://www.kawasakininjabrasil.com.b...4300k-R-310-00
      udamotoshop.com

      Comente


      • #4
        Pois é !

        O que era bom, ficou bem melhor e ... praticamente pelo mesmo preço. E ainda vem com seguro de fábrica que dá pra pagar, revisão fixa e garantia de 4 anos.

        Comente


        • #5

          Comente

          Aguarde...
          X